Monday, June 11, 2007

Será por ti...

Esquece.
És capaz?
De o deixar para trás
como uma memória esquecida?

Não.
Pois assim é a vida.
Não o esqueço, assim o quero
E nada mais é sincero.

Mas este desejo vai-me custar
Tudo aquilo que me fazia continuar
E se perder, se parar
Se deixar de respirar...

Será por ti.
Só por ti.
Pois mesmo não sendo feliz,
Foi o que a minha alma quis.