Wednesday, March 3, 2010

A rejeição é uma prisão da alma

Bebes do cálice da melancolia...
Pálida, ingénua... Luzidia.
Virtude desconhecida, ignorada...

Caminhas sozinha pelo deserto,
Desviada para um local incerto.
Perdida nas sombras do horizonte...

Num redemoinho de emoção, desapareces,
Atingida por opiniões que não conheces.
Corta as amarras do espírito!

Quem sabe o limiar da imaginação,
O limite entre sonho e ilusão?
Continua... Para a frente é o caminho...

8 comments:

poeta do inverno. said...

quem sabe se encontrar o caminho seja mesmo algo essêncial, prefiro continuar na imaginação e assim possuir um mundo que sómente eu posso entender...


saudações.

Confissões de uma adolescente said...

Lindas poesias
Adorei seu blog
Estou seguindo
Beeijooos ;D

Diego Cosmo said...
This comment has been removed by a blog administrator.
rhcastelobranco said...

Olá! Gostaria de convidar vc para conhecer o meu blog! Nele falo sobre uma de minhas paixões: livros!
Vc encontrará críticas literárias, indicações de leitura, novidades na área, notícias interessantes sobre livros e lançamentos, além de textos escritos por mim.
Se gostar e quiser seguir-me ficarei muito feliz!
www.literaturasdomundo.blogspot.com
Deixe um recadinho!
Ah, seu blog é muito bom! Gostei dos posts. Voltarei mais vezes.
Bjos

António said...

Seria tão bom se fosse fácil seguir em frente, com quantos obstáculos nos vamos deparando ao longo de trilhos que precisamos seguir.

bj

Thalita Diniz said...

Adorei.

Deisi Leal said...

Já estou seguindoo
rsrsrs
amei o blog viuh
adorei!
Visitem meu blog:
deisi-leal.blogspot.com

Tereara said...

Lindíssimas poesias, adorei ter conhecido teu blog
abraço