Thursday, September 11, 2008

Solidão

Quando as palavras consomem o momento
E, hesitando, percorre o sentimento
Um caminho de profunda apatia
Triste fortuna, trágica agonia

O dia parece não acabar
O corpo já só sabe respirar
A alma partiu para outra vida
Demasiada mágoa sentida

Se pudesse fechar a alma ao sofrimento
E esquecer o fatal pensamento
Que suavemente desfaz o coração...
Pura e inigualável solidão

Seria talvez mais feliz
Por não saber o que disse ou fiz?
Será a ingenuidade a salvação?
Ou mais um estilhaço de destruição...

20 comments:

Lp said...

Viver é sofrer e sofrer é viver. Viver sem sofrer nada é mais do que uma ilusão de felicidade aparente: quando damos por nós, já não somos parte do mundo...

Alexander said...

Por fin puedo volver a leer un poema tuyo, los extrañaba =)


gracias por visitarme, saludos

Miriette Le Fay said...

Finalmente escreves-tes... ;) Eu também sou muito lenta para postar...
Gosto muito da estrutura do teu poema e também do conteúdo.
Bjs

Miriette Le Fay said...

Finalmente escreves-tes... ;) Eu também sou muito lenta para postar...
Gosto muito da estrutura do teu poema e também do conteúdo.
Bjs

Miriette Le Fay said...
This comment has been removed by the author.
vanessa lopes said...

solidão...
amargura em minha boca...
ai..ai..ai..
adorei..
um bju

Van said...

Menina....

Solidão não é estar só. É estar vazio.
E ao que parece, você não tem nada de vazia.

Adorei tua visita e comentário no VAN FILOSOFIA! Obrigada viu?

Beijucas

Lord of Erewhon said...

O mundo não é dos felizes - mas dos trágicos.

Dark kiss.

Gabriel Pontes said...

Adoro suas poesias, seu estilo é bem parecido do meu. Aliás é como eu sempre digo: Pode haver poesia sem melancolia, mas sem melancolia não há um poeta.

Acha que tenho razão?

Bjos!

noop said...

me encanta el poema T_T

Alexander said...

Hi Isabel, you win "Premio al esfuerzo personal", please visit this link
http://myvelvetlittledarkness.blogspot.com/2008/10/premio.html

Greetings

Alexander said...

Sorry, the link is this

http://myvelvetlittledarkness.blogspot.com/2008/10/premio

Alexander said...
This comment has been removed by the author.
Ana, a Estrelinha said...

ola !
blog smp mto bonito .
gostei do poema .
bjOz **

WaterOnFire said...

LOOL sim, de facto fiquei a pensar o que raio se passava na tua cabeça xD
epa, es rapida tu :P

gadelhas said...

tenho que admitir, gostei dos teus poemas! apesar de não ser do género de poesia que mais gosto, acho que tens um talento enorme!

beijo*

Gabriel Pontes said...

Adoro seu blog.. Gostei muito da poesia, bjos!

Leon Cardoso said...

Gostei muito do seu poema. Ele revela a cadência de um clima pesado e mórbido com faziam certos escritores românticos os quais admiro. Valeu

Leon Cardoso said...

Gostei muito do seu poema. Ele me lembrou o clima pesado e mórbido de alguns escritores românticos que admiro. Valeu

freefun0616 said...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,